quarta-feira, 23 de abril de 2008

Leitos de sonhos

De rio se enche meu oceano
de águas e claras
re-banho.

Não viro o bote,
derramo
e nado

em leitos de sonhos.


Maria Maria

Um comentário:

Jacinta disse...

Gosto dos seus versos com cheiro de água e gosto de sonhos. Lindos.
Um abraço
Jacinta