quinta-feira, 30 de julho de 2009


Poema dedicado ao meu pai
Luiz e a todos os pais,
cuja homenagem acontecerá
nesse mês de agosto.

Presente

Papai um dia
me disse:
“Filha, toma a vida
de presente!”

E eu,
displicente,
peguei-a pela
mão.

Papai estendeu-se
mais ainda:
“Filha, toma as rédeas
da situação!”

E eu, que às vezes fico
por um fio,
peguei docemente os desafios
que papai pôs em minhas mãos.

Maria Maria

11 comentários:

Nirton Venancio disse...

olá, Maria
estou viajando, com pouco acesso à internet. Mas seguirei seus passos... fico muitíssimo grato pela indicação do meu blog.

Beijos!

Moacy Cirne disse...

Um poema bastante doce,
minha cara.

Beijos.

Mulher na Janela disse...

e de presente veio essa veia poética!

parabéns a todos os pais! a wescley, em especial!

Patrícia Lara disse...

Olá Maria!

Que coisa mais linda este poema!

Pai é tudo de bom né?
Perdi o meu há quase 13 anos e... nossa! Sempre me pego pensando em como seria se ele estivesse ainda por aqui. Com certeza seria maravilhoso!

Parabéns pela iniciativa.
Beijos e linda semana pra vc!

Patrícia Lara

Canto da Boca disse...

Qual pai não ficaria lisonjeado, emocionado e feliz com um poema desses e uma filha como você?
Tão lindo que apenas murmuro com medo de soltar algum fio.
Beijos e ótima semana!
;)

Moacy Cirne disse...

Um
Balaio
pra você.

Um
beijo
pra você.

daufen bach. disse...

Olá Maria,
aqui lendo tua homenagem. Como sou pai também me sinto homenageado. Obrigado!...rs.
Os pais são realmente inesquecíveis. Digo por causa do meu, sempre foi aquele cara meio durão, daqueles que nao dizem eu te amo para os filhos, mas também nao precisa, seria redundância.

Parabéns pelo poema. teu pai com certeza, deve ter sido um grande homem.

abraço a ti.

daufen bach.

DALVINHA disse...

Oh Maria, parabéns pelos poemas, eu q sou amante da Literatura, estou muito feliz em lê-los.

DALVINHA disse...

Parabéns! Adorei fazer a leitura de seus poemas.

DALVINHA disse...

Parabéns pelos poemas!

DALVINHA disse...

Parabéns pelos poemas!!!