sexta-feira, 19 de dezembro de 2008











Natal no Seridó


O terreiro bem varridinho,
a vassoura encostada à janela da casa,
Bom-dia e Boa-noite saudando a todos,
o pote cheio, o caneco areado e
brilhando, a chaleira em cima do fogo
de brasa, a cama bem forrada com uma
colcha de fuxico, um vestido de chita
engomado e no camiseiro para a missa
da noite santa, um chapéu de couro
pendurado num mourão, uma imagem
de Nossa Senhora e o Menino Jesus na parede
enfeitada por um rosário de contas azuis,
um gato dormindo no tapete de retalho, um
chocalho sininando, um galo anunciado:

É Natal no Seridó.

Maria Maria

2 comentários:

Moacy Cirne disse...

Um belo Natal, sem dúvida. Aliás, o meu último Natal em Caicó aconteceu em 1958, se não me falha a memória. Puxa, já são 50 anos... Beijos.

Mulher na Janela disse...

uma coisa de se comer com queijo quente...com rapadura...com silêncio também.

lindo lindo.

beijos e lindo natal pra você! 2009 de sucesso e paz!