quarta-feira, 27 de agosto de 2008


Desejo de me perder

Vou me perder essa noite.
Não quero bússolas nem rosas
dos ventos.

Terei as estrelas, os sapos
e corujas com os olhos cheios
de lua.

Carregarei na sacola
um pouco do nada ou
tudo.

Abrirei as janelas,
Sininhos poderão entrar
com as bruxas.

Vou me perder essa noite
para me encontrar ao raiar do dia
deitada sobre uma cama de girassóis.


Maria Maria

3 comentários:

Moacy Cirne disse...

Se perca, Menina,
se perca.
E se encontre em sua
cama de girassóis,
poeticamente.
Beijos.

francisco disse...

Se perca, sim.
Quem sabe você me ache
Talvez na praia, na lua...,
mas venha sim.
Se não vieres,
Talvez te encontre nua,
no sertão do seridó.

Beijos

francisco disse...

Se perca, sim.
Quem sabe você me ache
Talvez na praia, na lua...,
mas venha sim.
Se não vieres,
Talvez te encontre nua,
no sertão do seridó.

Beijos