sexta-feira, 22 de junho de 2007

Redonda

Eis que me arredondo

(feito lua cheia)

grávida

do teu desejo.


"Eu, do teu"


Maria Maria

7 comentários:

Moacy Cirne disse...

Seguramente mais ousado. Seguramente mais criativo. Seguramente melhor. Parabéns pela nova "roupagem". E pelos novos poemas. Um beijo.

Jeanne Araujo disse...

a-do-ro essas luas menina! Parabéns. Continue assim, toda "enluarada".bjos

Charlotte Sometimes disse...

Oi Maria Maria...
Desculpe a demora, mas voltei!
Não quero me afastar do seu blog agora que o encontrei.. tão delicado e sensual ao mesmo tempo. Mas acho que já disse isso antes né?
Lindo poema. O anterior também.
Adorei a sutileza...

Beijos,
Charlotte

www.cefascarvalho.blogspot.com disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
www.cefascarvalho.blogspot.com disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Espartilho de Eme disse...

Obrigada a todos pelos comentários tão maravilhosos!!!!! Beijos na alma.
Maria Maria

Moacy Cirne disse...

Maria Maria: Tem poema seu no Balaio. Um beijo.