sexta-feira, 22 de junho de 2007

Ladrilhos

Foi no ladrilho,

no chão de insetos-gente,

foi tão quente,


o meu amor!


E fostes silo

em minha cintura,

fostes a ternura


Ó, meu amor.


Maria Maria


Um comentário:

Odon JR disse...

Que transformação ocorreu para que EME, se transformasse em MARIA MARIA? Ou EME está guardada e MARIA MARIA tem outras características?
O poema é belo como sempre. Parece-me que MARIA MARIA representa alguma mudança em sua poesia. Abraços

Odon JR